Ansiedade na Pandemia

25 maio 2020 - 18:08, por , em , Nenhum comentário

Os sentimentos e afetos mobilizados em nós por conta da pandemia do coronovírus são intensos e diversos.

O isolamento social imposto como necessidade para preservar vidas, também intensifica o convívio com nossos familiares, produzindo sobrecarga emocional e psíquica.

A sensação de desamparo gerado pela incoerência entre os governos e diferentes poderes também contribuem para o aumento do medo e insegurança.

Antes da pandemia, tínhamos, minimamente, a “ideia”de algum controle sobre o que iríamos fazer no dia seguinte. No contexto atual, evidencia-se escancaradamente a nossa finitude, a absoluta falta de controle sobre a vida e sobre o futuro, revela nossa vulnerabilidade diante do imprevisto e do inesperado.

Tudo isso pode contribuir para um estado de ansiedade agudo e permanente.

A ansiedade faz parte da nossa vida, nos prepara para ação, para o que está por vir – neste caso, enfrentamos a situação com estado emocional positivo e confiante, lançamos mão de recursos internos, que desenvolvemos ao longo da vida, para tal enfrentamento.

Entretanto, situações adversas como a que estamos vivendo, contribuem para o surgimento dos estados ansiógenos crônicos, pois nos deparamos diante de muitas incertezas  e começamos a fantasiar diversos cenários, muitas vezes caóticos, gerando expectativas que nos fazem paralisar, lançando-nos a um vazio improdutivo e comprometendo nossa criatividade.

Muitas pessoas apresentam alguns sintomas ,tais como: fadiga, sensação de vazio, angústia, sentimento de impotência, tremores, taquicardia, dores de cabeça, dificuldade para dormir, entre outros.

Para sairmos do estado ansioso crônico, é preciso ter paciência, o que para o ansioso não será fácil, mas não é impossível.

Não há “receita de bolo” e muitas vezes o que deu certo para um pode não dar certo para o outro, por isso, é importante que você olhe para dentro de si e procure entender seus processos internos e a forma como você lida com a realidade.

Você pode começar fazendo alguns ajustes no seu dia a dia:

*não se cobre tanto, coloque limites – faça o que for  possível,

*viva no aqui e agora, isso significa entrar em contato com a realidade e viver da melhor forma possível e isso influenciará diretamente o seu futuro,

* medite, respire, indico o app gratuito LOJONg

* pratique algum exercício físico

* pratique o autoconhecimento, procure um profissional

* valorize seu descanso

* evite pensamentos negativos

* alimente pensamentos positivos

About author:

Deixe uma resposta